Blog de novidades

Ovários Policísticos - O Que é, Causas e Sintomas, Prevenção e Tratamentos

FIV Marília - Centro de Reprodução Humana

Categoria Publicado as 15:50, em 02 de Fevereiro de 2018

Nasceu nesta quinta-feira o primeiro bebê por Fertilização in vitro de Marília. É menino, se chama Arthur e é filho de professores


    Os pais Juliano e Jackeline com Arthur, o primeiro da FIV Marilia




EXCLUSIVO

Pesando 3.340 kg e com 48,5 centímetros, nasceu as 8h desta quinta-feira (27) o primeiro bebê da FIV Marilia Marília. Ele se chama Arthur Corrêa dos Santos. O parto foi no Hospital da Universidade de Marília (Unimar).
No início de março deste ano, o casal Juliano Rodrigues dos Santos, 38 anos e Jackeline Ribeiro Rodrigues Corrêa, de 31 anos, ambos professores (ele da Rede Estadual e ela da Rede Municipal, em Garça), residentes em Vera Cruz, procuraram a Clínica FIV Marília (Fertilização In Vitro), então recém-inaugurada e localizada na área central de Marília, para realizarem o sonho de serem pais.
"Conhecíamos esse processo de fertilização, tivemos a indicação do Dr. Feres (Dr. Feres Abrão, ginecologista)  e esperamos ansiosamente pela abertura da clínica em Marília para darmos início ao nosso desejo. Fomos um dos primeiros clientes da clínica", lembra Juliano.
"Foi um ótimo trabalho dos profissionais da clínica e acompanhamento do Dr.. Feres. Eu e minha esposa Jackeline estivemos sempre juntos em todos os passos da gestação. Felizmente, deu tudo certo, desde os procedimentos laboratoriais até o nascimento do nosso querido Arthur", afirmou o pai ao JP.



Jackeline e Juliano acompanharam juntos todo o processo de fertilização, gestação e nascimento de Arthur

PROCESSO DE FERTILIZAÇÃO

A FIV Marília é a primeira clínica especializada em reprodução humana in vitro, aqui na cidade. Cinco médicos (quatro de Marília e um de São Paulo) ginecologistas (sendo três deles com especialização em reprodução assistida) compõem o quadro clínico que atende pacientes com problemas de infertilidade e casais homoafetivos que desejam ter filhos.
A clínica faz o acompanhamento do processo desde os primeiros exames, passando pela coleta de óvulos e espermas, fertilização em laboratório até a transferência dos embriões para a barriga das mamães.
Os resultados de fertilização (positivo ou negativo) saem em até doze dias. O processo custa entre R$ 12 a R$ 22 mil. "O Arthur é o primeiro bebê por Fertilização in vitro a nascer em Marília, através do trabalho da FIV. Outros bebês estão em processo de gestação e um deles deve nascer em janeiro. Assim como os país, ficamos muito felizes com o sucesso do processo laboratorial e o nascimento do Arthur. Foi uma grande satisfação", disse ao JP o Dr. .Francisco Dias, diretor administrativo da Clínica. Os outros médicos são a Dra. Renata Vargas, Dr. Cristiano Busso, Dr. Feres Abrão e Dra Karen Fani.
A FIV é a primeira Clínica especializada em reprodução assistida em Marília e região. Esta localizada na Avenida Rio Branco, 310, centro, com telefones (14) 3301-8561 e (14) 99902-2551 (Whatsapp).

PRIMEIRO BEBÊ DE PROVETA BRASILEIRO NASCEU EM 1984
                          
Bebê de proveta é proveniente de uma inseminação artificial ou fertilização in vitro, ou seja, não resulta de uma fecundação em condições naturais de uma relação sexual entre um homem e uma mulher. A fecundação é gerada em laboratório e a denominação proveta está relacionada a este método.
O primeiro bebê de proveta do mundo chama-se Louise Brown e nasceu a 25 de Julho de 1978, em Bristol, Inglaterra. Os médicos britânicos envolvidos neste processo foram Robert Edward e Patrick Steptoe, na Bourn Hall Clinic, em Cambridge.
No dia 7 de outubro de 1984, nascia Ana Paula Bettencourt Caldeira na cidade de São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, o primeiro bebê-proveta brasileiro.
Em Portugal, o primeiro bebé-proveta nasceu em 25 de Fevereiro de 1986, tornou-se jogador profissional de futebol, chegando a ser avançado do Sporting Clube de Portugal, chamado Carlos Saleiro.
O método da fertilização "in vitro" trouxe novas esperanças aos casais inférteis, abrindo uma nova era no tratamento da infertilidade. Atualmente este método é utilizado, em diversas situações como no caso de bloqueamento das trompas de Falópio, ou em casos de espermatozoides deficientes (por exemplo, imóveis) ou em número reduzido.
Cerca de 25% das gravidez por fertilização "in vitro" são gêmeos, o que corresponde a uma incidência bastante superior à das gravidez naturais, em que o normal é surgir um par de gêmeos por cada 80 nascimentos.

Parceiros

© Todos os direitos reservados. Clínica Abrão - 2019
Design e Tecnologia: